0
Seu carrinho está vazio :(
Dicas

Sem medo de usar animal print na decoração

Publicado em 12.11.2021 |
44 visualizações

Preparamos um guia para inserir esse tipo de estampa no seu ambiente

animal 5

Você ficou receoso com essa ideia? A gente entende. É que a linha entre chique e brega é tênue quando se trabalha com essa temática, né? Mas acredite, animal print está entre as grandes inspirações de decoradores e, se bem usado, pode dar um ar de muito glamour para o seu ambiente.

Leia também: Use e abuse das placas decorativas

12 mitos sobre decoracão de interiores que não fazem mais sentido

Segredos para criar uma decoração atemporal e fugir das modinhas

Por isso mesmo preparamos esse guia com algumas dicas e sugestões que podem te ajudar a “acertar na mão” com esse tipo de estampa tão marcante.

animal 13

UM POUCO DE HISTÓRIA

Os povos antigos acreditavam que comer ou guardar partes do animal trazia para a casa seus atributos. Assim eles poderiam ter a tenacidade das zebras, a sabedoria dos ursos, a ferocidade dos leões e a longevidade dos tigres, por exemplo. Por isso era tão comum ver partes dos bichinhos empalhados ou suas peles na decoração.

Há algum tempo, pele de animal era uma das maiores tendências nesse sentido, inclusive. Mas é claro que o fato de animais serem mortos para o décor não permite que se mantenha essa tradição nos dias de hoje. Afinal, muitas das espécies mais populares nesse sentido estão até mesmo em extinção.

É aí que entra a tecnologia. Hoje em dia não é mais preciso caçar a sua decoração. Só mesmo se for em alguma loja ou site, não é mesmo? Os padrões de estampas animal print agora são reproduzidos facilmente e sem danos a nenhum bichinho. Primeiro motivo para se jogar sem medo nessa tendência.

animal 8

VAMOS ÀS DICAS: O QUE NÃO FAZER

Medo número 1 da decoração com estampa de animal: exagerar e deixar seu espaço brega e vulgar. Esse medo faz todo sentido já que esse seria realmente o maior pecado cometido com o animal print, sem chance de salvação nem com "reza brava". A palavra de ordem quando for usar essa estampa é “equilíbrio”!

Até houve um tempo que era considerado bonito um espaço carregado dessa temática, mas isso está em um passado muito, muito distante. Hoje a tendência vem mais com função decorativa simbólica, com significado de renovação energética da casa. Pode ser usada numa pegada mais vintage ou para dar destaque a algo e trazer personalidade ao ambiente.

Nunca em excesso. E nunca misturando vários tipos de estampa sem planejamento. Não que não se possa combinar mais de uma opção, mas isso deve ser muito estudado previamente.

animal 2

PENSE EM “CENTRALIDADE”

Lembre sempre que, acima de tudo, essa estampa vai chamar muita atenção. Seja em um tapete, uma almofada, um papel de parede, vai se tornar o centro do seu ambiente, um ponto focal que será rapidamente notado por quem entra. Por isso a moderação é tão importante: você não quer que seus convidados sejam bombardeados visualmente logo que chegam a sua casa.

 Estampas de onça e tigre, principalmente, espalhadas em pontos estratégicos do ambiente vão criar um efeito mais atrativo, justamente o que todo decorador busca. 

animal 7

FUJA DO ÓBVIO 

Sabemos que algumas coisas clássicas vem à mente quando se fala em animal print na decoração: almofadas e tapetes, por exemplo. Mas o tema pode ser utilizado em mais peças, como o papel de parede. Também é possível combinar cores com esse tipo de estampa, uma possibilidade que tira a "naturalidade" da peça (não vai mais parecer que você caçou o tigre da sua almofada), mas traz personalidade e originalidade para o projeto.

animal 12

 CUIDADO COM O RESTANTE DO AMBIENTE

 Se a gente fosse dar uma dica apenas de como combinar animal print na hora de decorar seria: combine com tons mais neutros. É o caminho mais fácil para não errar. E, caso queira usar mais cores e elementos com personalidade também no que vai ser usado na combinação, prefira estampas animais mais neutras como as de zebra ou os de aves.

 Falando na estampa de zebra, ela vai ficar perfeita em ambientes com predomínio de preto e branco. Algumas estampas de animais também ficam bem usadas com itens de outros tipos de estampas, como geométricas.

 Mas via de regra, se você não quiser deixar margem para erros, o animal print vai casar perfeitamente com ambientes monocromáticos de cores que conversem com ele.

animal 15

 ATENTE PARA OS AMBIENTES MAIS INDICADOS

 Ele vai destacar áreas, chamar atenção e carregar um pouco o visual. Logo, analise bem o efeito que deseja criar e se essas características são desejadas para o cômodo em questão. O animal print fica lindo em casa com conceito aberto, por exemplo.

Áreas de transição, como corredores de quartos, halls e salas de espera também podem receber a estampa, apenas com o cuidado para usá-la de forma moderada, já que costumam ser espaços pequenos. Fica essa sugestão: quanto menor o espaço, mais cuidado você deve ter para não exagerar.

 Em áreas pequenas a indicação é usar uma parede apenas. Em caso de quartos e salas de preferência aquela de costas para o sofá ou a cama. O objetivo é trazer criatividade sem provocar cansaço visual.

 Já imaginou um closet com animal print? Fica lindo e ainda conceitual já que esse espaço tem tudo a ver com moda e moda tem tudo a ver com essa estampa.

animal 4

 CONCLUSÃO

 O animal print é poderoso e nunca passa despercebido. Isso é o que deve estar sempre claro quando for utilizá-lo. Vai dar personalidade ao ambiente, trazer uma pegada moderna e estilosa, mas você deve lembrar que a peça ou espaço que receber essa estampa ficará em evidência. Partindo dessa regra, pergunte-se sempre: eu quero que todos olhem para cá logo que entrarem nesse cômodo? A resposta vai guiar suas escolhas de uma maneira intuitiva e sem muito espaço para erros.

animal 9

 Texto: Adriele Nardelli - jornalista e redatora Prego e Martelo