Icon Favoritos
Seu carrinho está vazio :(
Dicas

Ter horta em apartamento é possível

Publicado em 19.01.2022 |
Visualizacoes
179 visualizações

Vamos te mostrar as regras básicas para isso funcionar

horta 6

Você gostaria muito de poder usar aquele tempero cultivado com todo amor e carinho na sua casa, mas não tem um quintal disponível para isso? Não tem problema. É perfeitamente viável ter sua horta mesmo quando ela precisa ser montada em uma área interna. Quem mora em apartamento não precisa abrir mão desse prazer.

Claro que vai precisar se atentar a alguns pontos importantes e oferecer um pouco mais de cuidados do que quem cultiva suas hortaliças ao ar livre.

Leia também: 10 dicas para decorar casas de madeira

Xô energia ruim: dicas para decoração que faz bem

Biointeriorismo: sua casa ecologicamente linda e você mais saudável

É para isso que estamos aqui: para dar uma mãozinha nessa missão.

Vamos mostrar 5 dicas de especialistas para que seu projeto orgânico seja um sucesso. São coisas bem simples, que você talvez até já saiba, mas não custa nada lembrar. Então anota aí:

horta 7

1 – EM PRIMEIRO LUGAR O SOL

É indispensável e primordial.  Não existe horta sem luz solar incidindo sobre ela. Nem adianta tentar. Essa regra é básica: para que sua horta interna funcione você precisa montá-la em um local que pegue sol diretamente por, pelo menos, 4 horas diárias.

2 – NÃO É PARA QUALQUER UM

E isso se referindo à espécie que será cultivada. Nem toda hortaliça vai se adaptar ao seu ambiente e, caso seja incompatível, tentar vai resultar apenas em frustração. Quando for escolher o que cultivar tenha em mente as características da sua casa: se for um ambiente que tem muita circulação de vento, por exemplo, manjericão e hortelã não são boas escolhas enquanto alecrim, tomilho, lavanda e orégano sim.

horta 4

3 - DRENAR É PRECISO

Uma das adaptações necessárias pelo fato de não ser uma horta plantada em solo: o vaso deve ter pelo menos 15 centímetros de altura porque será preciso criar um sistema de drenagem. A água não pode se acumular no fundo ou vai apodrecer a raiz. E aí tem uma fórmula: a primeira camada, no fundo, é de pedra, a segunda de areia ou manta de drenagem e a terceira de terra.

horta 5

4 – SE NÃO REGAR NÃO VAI CRESCER

Sabe aquilo que dizem sobre relacionamentos: se você não cultiva com carinho, não se desenvolve? Vale para o relacionamento com a sua horta também. Demanda dedicação e tempo. Por isso você precisa estudar a regra das hortaliças: quanto de água cada espécie plantada precisa, quais os melhores momentos de regar e outros detalhes importantes.

Ah, e não pense que não tem problema errar um pouquinho: você pode matar sua plantinha de sede ou, como é mais comum, afogá-la com excesso de água. Logo, é preciso aprender a dosar. Uma regra comumente ensinada é a mesma que vale para bolos no forno: coloque um palito na terra, se ele sair úmido é porque não precisa regar.

horta 3

5 – DANDO UMA FORÇA

A horta interna vai precisar que você faça manualmente processos que a natureza faz sozinha. Como, por exemplo, a adubação. Diferente de um canteiro, um vaso depende totalmente da ação de uma pessoa para isso. Então, recomenda-se que a cada 45 dias a terra da sua horta interna seja adubada, de preferência com adubos orgânicos  - que podem ser encontrados até no mercado.

horta

Esperamos que essas dicas te ajudem a colher os frutos, ou melhor, os temperos do seu trabalho de cultivo.  E que seu projeto de ter uma horta seja sempre adubado, regado e iluminado mesmo quando parecer impossível.

Texto: Adriele Nardelli - jornalista e redatora Prego e Martelo