0
Seu carrinho está vazio :(
Dicas

Regra do 80/20 na decoração da sua casa.

Publicado em 25.10.2020 | comentários
106 visualizações

Ter uma casa lindamente decorada, de acordo com o estilo e personalidade dos moradores é fundamental.

Muito além de seguir tendências e modismos estamos nos referindo sobretudo a seguir um conceito específico, conseguindo um equilíbrio organizacional entre os diferentes cômodos, bem como manter as mesmas máximas de design de interiores para os conjuntos dos ambientes.

No entanto, no meio do caminho, muitos erros podem vir a ser cometidos e afetar a decoração, prejudicando visualmente o ambiente em que você vive.

Mas a solução pode ser encontrada em um princípio que veio lá da sociologia pelos idos de 1800, criado por um economista italiano chamado Vilfredo Pareto: a famosa regra 80/20.

Preste atenção, pois, a seguir, contaremos tudo sobre o funcionamento dessa regra aplicada à decoração, para que você possa implementá-la em casa.

>> Saiba mais: Mandalas na decoração de casa.

Qual é a regra 80/20?

80 20 decoracao

Não é nossa intenção neste post fazermos uma análise histórica e profunda da regra 80/20, também conhecida como Princípio de Pareto, mas durante seus estudos, Vilfredo de Pareto, percebeu que, em geral, 80% da renda de uma nação estava nas mãos de apenas 20% da população.

Extrapolando este conceito, Pareto definiu uma regra que ficou conhecida como a lei de Pareto 80/20, e que poderia ser resumida da seguinte forma:

80% dos resultados são produzidos por 20% das causas e vice versa.

Embora seja muito utilizada especialmente na análise econômica e gestão de processos e negócios, nosso foco obviamente é analisar sua aplicação na decoração de interiores.

Embora este fenômeno afirme que as pequenas proporções contribuem em maior medida para o efeito comum do todo, neste caso, o que é afetado é o investimento que queremos ou pretendemos fazer na decoração da nossa casa.

Basicamente, o que podemos conseguir com a regra 80/20 é manter uma decoração constante, sem ter que ficar a cada poucos anos fazendo reformas em casa e assim estar sempre atualizado sobre as tendências.

Mais especificamente, esta norma decorativa consiste em fazer uma gestão específica do dinheiro que queremos destinar à compra de móveis, fazendo um investimento de 80% do orçamento total em peças duradouras e de qualidade, visto que a longo prazo são as mais rentáveis.

Os 20% restantes devem ser usados na compra de acessórios, enfeites e detalhes decorativos que marcam o estilo da sua casa e que podem ser facilmente substituídos após várias temporadas.

Desta forma, você terá mais eficiência econômica e de estilo, pois se seguir esta regra, além de poupar dinheiro e evitar o desperdício de elementos desnecessários, poderá manter a sua casa sempre na vanguarda da decoração.

>> Saiba mais: Cama posta: conheça essa tendência que está em alta na decoração.

A regra 80/20 na cozinha e banheiro.

banheiro e cozinha pareto prego e martelo

Para aplicar este critério à sua própria casa, deve dar especial prioridade à cozinha e ao banheiro, pois são os cômodos de grande importância e onde boa parte do orçamento acaba se esvaindo.

Portanto, você deve levar em consideração as condições ideais de vida que esses cômodos exigem, pois ambientes úmidos ou outras condições estragariam móveis de baixa qualidade.

Para amortizar totalmente os móveis de banheiro e cozinha, que são aqueles que exigem um maior investimento, é necessário apostar em valores seguros.

Ou seja, escolher as melhores estruturas, de qualidade, mas também que sigam uma linha de estilo.

Nos últimos anos, a dinâmica desses cômodos da casa mudou e evoluiu.

A cozinha minimizou a importância das salas de estar e de jantar como espaço social e de reunião, enquanto o banheiro é, nos dias atuais, mais do que um local de limpeza, é um local de relaxamento, paz e conforto.

Então, você deve se preocupar que os elementos mais básicos, como portas, janelas e pisos, sejam os mais duráveis e adequados para as condições desses ambientes.

Assim, evitará possíveis obras no futuro e tornará seu investimento lucrativo ao longo dos anos.

Já os móveis de madeira maciça são ideais para cozinhas, pois, além de resistentes, facilitam a combinação e decoração do ambiente com acessórios decorativos de outras cores.

É melhor optar por cores seguras e discretas das quais você não se arrependerá com o tempo.

Os tons de branco, bege ou creme são sempre uma jogada acertada, pois assim você pode adicionar mais cores e padrões com enfeites e objetos.

>> Saiba mais: 9 pecados capitais de decoração que você está cometendo!

Noções básicas para decoração.

comprar decoracao prego e martelo

Embora você possa seguir as tendências e se manter atualizado com os últimos desenvolvimentos em termos de decoração, você não precisa ficar obcecado em tentar manter sua casa atualizada o tempo todo.

Nem todos os modismos servem para a sua casa: você deve estudá-las detalhadamente e analisá-las para ver se devem ser incorporadas ou não.

Se você vai enfrentar uma reforma em sua casa ou se decidiu fazer uma grande mudança e redecora-la, abaixo coletamos as apostas mais seguras e bem-sucedidas:

Opte por móveis atemporais.

ou seja, aqueles cuja estética não se desatualize com o tempo. São móveis que se ajustam a qualquer época e que não ficarão desatualizados com o passar dos anos.

Por isso, também é fundamental que o seu investimento seja de longo prazo e que você obtenha móveis de alta qualidade, para que durem muito.

Janelas e portas não são apenas elementos isolantes.

pois têm um grande peso estético dentro de um ambiente. Você deve saber como combinar os dois aspectos para obter o máximo da sua casa.

Acessórios de decorativos e iluminação.

Esses estão incluídos em 20% da regra. Esses elementos vão constituir a parte mais viva e estética da sua casa, portanto, você não deve negligenciá-los.

São todas aquelas peças mais temporárias e sazonais e cuja aquisição não exige grandes quantias de dinheiro.

Assim, temos tapetes e outros elementos têxteis como almofadas ou capas de almofadas, lâmpadas, pinturas, fotografias, etc.

Procure sempre seguir uma linha estética e mantenha uma coesão de estilo para evitar erros e não desvirtuar a essência da sua casa.

>> Saiba mais: Meu cantinho: faça você mesmo seu espaço especial em casa

Pra finalizar...

comprar moveis prego e martelo

Seguindo a regra 80/20, não se esqueça de incorporar aqueles 20% de peças soltas e outros elementos decorativos que vão ao encontro das últimas tendências e principalmente: vão de acordo com seus gostos pessoais.

Com esse percentual você tem que liberar toda a sua criatividade e imprimir mais estilo e personalidade aos cômodos de sua casa, por meio de elementos decorativos mais ousados, como quadros, telas decorativas, espelhos, relógios, Placas Decorativas, etc.

Lembre-se: são objetos decorativos temporários e substituíveis que você terá que renovar depois de várias temporadas para manter sua casa sempre linda e atualizada.

Comentários

Prego e Martelo e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.