0
Seu carrinho está vazio :(
Dicas

Cozinha americana sem segredos

Publicado em 28.08.2019 | comentários
17.489 visualizações

Seja por questões de otimização de espaço, seja por questões de gosto pessoal, uma coisa é certa: as cozinhas americanas vieram pra ficar. Estão cada vez mais presentes na casa dos brasileiros e faz sucesso nos projetos.

Afinal, entre outras coisas aproxima o cozinheiro com o restante da casa e traz amplitude para imóveis com dimensões mais limitadas.

A cozinha americana nada mais é do que uma cozinha aberta para outros ambientes e que traz um balcão para separar o espaço.

É aquela que não está delimitada por 4 paredes, como os cômodos convencionais da maioria das casas, mas está inserida em um ambiente maior de modo orgânico, geralmente a sala.

De cara a vantagem de se utilizar a cozinha americana como dissemos anteriormente é a sensação de amplitude maior devido a inexistência de paredes separando a cozinha dos outros ambientes.

Bem verdade que ela pode fazer uso de apenas meia parede como separação da sala de jantar e esta meia parede e essa meia parede pode ter uma pedra em cima que serve como um balcão entre a cozinha e a sala de jantar e sala de estar.

Mas vamos com calma e analisar outros fatores (positivos e negativos) desse tipo de ambiente.

>> Saiba mais: A Versatilidade dos Puffs na Decoração.

Estilos de cozinha americana:

O detalhe que diferencia esse tipo de cozinha das tradicionais é a integração com outro ambiente, que geralmente implica ser ou a sala de estar ou a de jantar, mas pode ser qualquer área próxima. Assim, em vez de parede para separar os espaços, são utilizados apenas balcões, mesas ou meia parede.

Para entender melhor, confira agora os três principais estilos de cozinha americana.

Cozinha americana totalmente integrada.

cozinha americana integrada prego e martelo

Imagem: Vivadecora

É um modelo que potencializa o efeito de ambientes integrados porque não traz nenhum elemento vertical entre a cozinha e os espaços que se conectam a ela. É nítido o ganho de área útil nesses casos, visto que uma ou mais paredes são eliminadas, evitando, assim, barreiras físicas e liberando alguns centímetros do piso.

A passagem entre os cômodos também fica mais fácil devido à ausência de grandes estruturas. Ainda assim, muitas pessoas adicionam recursos decorativos entre os recintos para criar uma divisão discreta. Que vão desde revestimentos contrastantes no chão, até cortinas.

Cozinha americana parcialmente integrada com alvenaria.

cozinha americana simples integrada com a sala prego e martelo

Imagem: Pinterest

Aqui o balcão de alvenaria é rei, sendo uma estrutura que se configura como metade de uma parede comum. Sua função básica é criar um limite entre a cozinha americana e os demais cômodos, mas também pode ter uma utilidade que facilita o dia a dia dos moradores.

Para isso, é comum a adição de um tampo de granito, mármore ou madeira sobre o topo do balcão. Essa superfície se transforma em uma espécie de mesa que ajuda na hora de preparar alimentos, apoiar pequenos eletrodomésticos e até realizar refeições, quando o projeto é complementado por um jogo de banquetas.

Cozinha americana parcialmente integrada com mobiliário.

cozinha americana integrada prego e martelo

Imagem: Decor Alternativa

Outra possibilidade para manter a cozinha integrada e, ao mesmo tempo, com limites bem definidos, é apostar em um projeto com mobiliário. Assim, no lugar do balcão de alvenaria, são utilizados componentes como mesas, ilhas ou bancadas — geralmente feitos de madeira maciça, MDF ou MDP.

A vantagem desse modelo está na liberdade para personalizar todos os detalhes. Com móveis planejados, é possível determinar que tipo de elemento será colocado entre a cozinha e o ambiente mais próximo.

Se for uma bancada, por exemplo, você consegue definir as dimensões, formato e acabamento de acordo com o visual desejado. Também é possível prever armários embutidos na base do móvel, a fim de obter mais compartimentos para armazenar louças, panos de prato e utensílios domésticos.

>> Saiba mais: Como Decorar Apartamento Pequeno: 3 Dicas Incríveis

Confira algumas dicas para aproveitar o espaço ao máximo:

Olhe para o espaço que você tem disponível.

cozinha americana prego e martelo tamanho

Naturalmente, cada cozinha americana será diferente, terá várias formas. Mas fique atenta(o) às medidas do espaço, especialmente quando estamos falando de um ambiente pequeno. Assim, você poderá aproveitar ao máximo.

Uma ideia interessante para quem optar ter cozinha americana é investir em armários, prateleiras, nichos e outros locais embutidos, perfeitos para guardar todos os utensílios possíveis. Essa alternativa é ótima para que não sobre nada de bagunça visível para quem circular pela sala/cozinha.

Móveis sob medida podem ser grandes aliados nesse intento, mas se por algum motivo você não puder dispor desse tipo de recurso não se desespere, terá apenas que ser mais minuciosa(o), na escolha dos móveis do ambiente, pensando acima de tudo na funcionalidade.

Mantenha a continuidade visual.

cozinha americana simples prego e martelo

Imagem: Tua casa

Embora não seja uma regra absoluta, tendo concebido a cozinha e a sala de estar (ou jantar) como dois espaços unidos em um, devemos mostrar uma preocupação especial pela continuidade entre os dois cômodos, para que não haja uma mudança drástica dos ambientes.

Para fazer isso, totalmente ligado ao conceito de cozinha americana, deve-se eliminar tudo o que pode ser visto como uma barreira visual, como partições ou paredes.

Para obter facilmente certa continuidade visual, você pode escolher por exemplo, o mesmo tipo de piso para ambas as áreas. Assim, a aparência do ambiente será muito mais homogênea.

O ideal é que se leve a cabo uma perfeita integração natural entre essas áreas às quais estamos nos referindo, embora seja necessários frisar mais uma vez que não é obrigatória essa indicação.

Mas um jeito de fazer isso é escolher bem o revestimento de piso. O chão pode ser o mesmo tanto de um lado quanto de outro, sendo o forro a delimitação entre as zonas.

Normalmente, uma mesa ou ilha é colocada na zona de fronteira entre os dois espaços, combinada com banquetas altas. Com este tipo de adição, é mais fácil passar de uma área para outra, sem que a mudança seja muito abrupta.

E lembre-se, apesar da integração entre os ambientes, mantenha cada coisa no seu devido lugar: utensílios de cozinha devem ficar na cozinha, livros, revistas e demais itens pertencentes à sala de estar devem ficar no respectivo cômodo. É importante que você mantenha uma separação em termos de decoração e armazenamento de objetos específicos em cada área.

Dê importância aos espaços de armazenamento na sua cozinha americana.

cozinha americana integrada chao prego e martelo

Imagem: Vivadecora

Como estes tipos de cozinhas são normalmente encontrados em pequenas casas, é necessário aproveitar ao máximo todo o espaço. Portanto, você deve optar por poucos móveis, que são muito práticos e funcionais. 
A este respeito, recomendamos o uso de carrinhos auxiliares, prateleiras e armários, bem como caixas e frascos para armazenar alimentos e pequenos utensílios.

Se você decidir colocar uma ilha, isso aumentará muito o espaço disponível para armazenamento. Lembre-se que normalmente é um espaço pequeno, por isso é aconselhável manter apenas os objetos que serão realmente usados. Se tiver espaço suficiente pode dispor de uma grande mesa de jantar.

Pense na decoração de sua cozinha americana.

cozinha americana sala interligada prego e martelo

Imagem: Pinterest

Como o espaço é aberto, deve se integrar não só à sala mas também à decoração. Não é preciso necessariamente combinar os móveis e as cores da decoração, mas a dica é seguir um mesmo estilo para criar harmonia entre os cômodos. Use eletrodomésticos, plantas e outros itens decorativos para dar toques de cor.

Aposte em um ou outros itens de design bem interessantes para destacar ainda mais sua cozinha integrada e deixá-la mais atrativa.

Luminárias pendentes ficam ótimas na bancada, dividem o espaço de forma sutil sem comprometer a integração desejada, assim como ressaltam outro ponto importante do projeto: a iluminação. Aposte em uma luz mais potente na cozinha, perto da pia, local de manuseio de alimentos e fogão.

Nos outros locais, use luzes indiretas, para que o momento de degustar a refeição seja aconchegante e confortável.

Combine também cores de detalhes para mesclar ambientes da sala com a cozinha, formando uma unidade interessante para os olhos.

Ah! E na hora de fazer bonito à mesa pode contar com aquela mãozinha super especializada da Prego e Martelo, confira aqui!

>> Saiba mais: Dicas Para Decorar o Seu Banheiro!

Considere as vantagens e desvantagens.

Antes de dar o último passo e começar com a construção de sua cozinha, você deve ter em mente que nem tudo será uma vantagem. Além disso, você deve pesar os possíveis inconvenientes:

  • Fumaça e mau cheiro: para quem tem o costume de fazer frituras ou pratos mais aromáticos, a cozinha americana pode ser uma furada! O cheiro costuma se espalhar por toda a casa. Uma solução é ter uma boa ventilação no ambiente, além de um exaustor ou uma coifa de boa qualidade, para sugar toda a fumaça.
  • Revestimento de parede: antes falamos sobre a unidade estilística entre espaços, incluindo pisos e paredes. No entanto, as paredes da cozinha estarão muito mais expostas a manchas e salpicos. Portanto, você deve cuidar muito do seu revestimento, escolhendo materiais como granito, cimento ou cerâmica.
  • Ruídos: agora a cozinha vai ser outro espaço social (para o bem ou para o mal), o que implica dividir espaço com pessoas conversando na cozinha, TV ligada. Entenda que você não pode terá silêncio absoluto para criar aquela receita mais elaborada que demanda maior concentração, por exemplo.
  • Bagunça zero: Na cozinha integrada, tudo fica à mostra. Portanto, cuidado com a bagunça. Embalagens de alimentos, utensílios domésticos e louças sujas na pia ou sobre o balcão pegam mal.
  • Coifa: se você não curte esse item, melhor desistir da ideia de ter uma cozinha americana. Ele é indispensável para que a fumaça e gordura não se espalhem para a sala. 

 
Esperamos que essas dicas tenham ajudado você. Além disso, lembre-se que, em termos de estilos, você pode optar por qualquer um, desde que haja continuidade estilística entre os dois ambientes.

Antes de se decidir sobre o tipo de cozinha ideal para você e o espaço disponível pense nas vantagens, desvantagens e inconvenientes e assim saberá qual o melhor estilo que se adapta ao seu gosto.

Comentários