Dicas

OS QUERIDINHOS DA QUARENTENA: PANDEMIA MUDOU A RELAÇÃO DAS PESSOAS COM SUAS CASAS

Publicado em 18.12.2020 |
103 visualizações

Reformas, decorações e procura por alguns itens tiveram aumento com o “novo normal” de 2020.

pan 2

A pandemia do novo coronavírus pegou todo mundo de supresa em março desse ano e nos trouxe uma série de mudanças para o dia a dia. Muitas delas difíceis e tristes. Mas também tivemos lições e descobertas nesse período que chamamos de "quarentena" que acabaram se mostrando úteis e benéficas.

Por isso muitos dos hábitos adquiridos durante a pandemia vão acabar mudando a forma das pessoas de se relacionar com o mundo. Inclusive no que diz respeito à relação que temos com o nosso "lar, doce lar", que teve tanta importância nesse ano.

Separamos uma lista com algumas mudanças que já começam a ser percebidas nesse sentido e que podem se tornar definitivas:

- REFORMAS

pan 4

Para empresas que oferecem serviço de arquitetura a procura por reformas cresceu por volta de 400% desde março, quando houve o início do chamado “isolamento social” no país. Num primeiro momento, para pequenas adaptações da casa que o momento pedia, como a criação de um espaço para “home office”, por exemplo.

Mas agora, recentemente, aumentou também a busca por reformas maiores e mais abrangentes, para realmente deixar a casa mais confortável para a família, que passou a ficar mais tempo reunida nesse espaço.

A eliminação de alguns gastos que normalmente acontecem em um ano normal, com viagens e festas, pode explicar o dinheiro que “sobrou” para essas alterações.  Uma pesquisa divulgada pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico mostra que em apenas dois meses, março e abril, o número de vendas online de móveis e itens de decoração cresceu 23,61%.

- TECNOLOGIA

pan 5

Apesar de ter tido um grande recuo de faturamento no início da pandemia, o setor de tecnologia teve alguns pontos positivos registrados em 2020. Principalmente entre produtos voltados para a chamada “casa conectada”. No google, aumentou muito a procura pelos termos relacionados a isso, principalmente na semana de Black Friday, em novembro. Assistentes de voz e itens de automação para residências tiveram também aumento de vendas. E também se destacou a comercialização nesse período de pandemia de equipamentos para transmissão de vídeos com qualidade.

- ESPAÇOS EM CASA

pandemia 3

Principalmente no início da pandemia, impulsionando a procura por reformas, os espaços diferenciados dentro de casa ganharam espaço. Com já citamos, o “home office” aparece nesse sentido como um dos mais utilizados e ele deve ganhar seu espaço fixo em muitas casas. Assim como os espaços para atividade física.

As pessoas perceberam que ter um cantinho próprio para trabalhar em casa facilita a vida não apenas num momento de pandemia, mas de uma forma geral, permitindo otimizar a organização da rotina. E também entenderam que é possível manter uma rotina de exercícios no conforto do lar e, com isso, evitar o trânsito da ida para a academia, por exemplo. São hábitos criados nesse período que funcionaram para muita gente e justificam sua manutenção.

- RECONEXÃO COM A NATUREZA

pandemia 2

Ficar confinado em casa fez muita gente perceber a sorte que é poder estar por aí, curtindo o ar livre em contato com a natureza. Não pode acaso, as plantas e o verde estão entre as tendências de decoração para 2021. Deu vontade de trazer essa sensação para dentro da casa.

Pra começar as plantas propriamente ditas: elas vieram para vasos em cômodos da casa, jardins improvisados na sacada e hortas suspensas, por exemplo. Um dos motivos para isso é a sensação de bem estar que a natureza traz e que muita gente está buscando nesse momento. Afinal, um levantamento mostrou que os casos de ansiedade e estresse mais do que dobraram, enquanto os de depressão tiveram um aumento de 90% durante o período de pandemia.

Conjunto de 4 Quadros Decorativos Premium Folhas Natureza Verde Abstrata

Quando não dá para encher a casa de plantas as estampas trazem um tipo de alternativa. Olhar para capas de almofada, cortinas, quadros ou papéis de parede cheios de vegetação já ajuda muita gente.

- MEDIDAS SANITÁRIAS

Redobrar os cuidados com higiene é um caminho sem volta para muita gente. Até porque, mesmo as gripes normais aconteceram menos em 2020 devido a todos esses cuidados. Então, por que não mantê-los?

pan 3

Deve ser tendência até mesmo no mobiliário doméstico: armários para guardar sapatos fora de casa, lavabos mais acessíveis para manter a higiene das mãos constante e, no futuro, até mesmo adaptações como pias próximas às portas. Essa crise sanitária mostrou claramente a diferença que hábitos simples podem trazer para a nossa saúde e muita gente vai levar como lição para a vida.

- MINIMALISMO

ESTILO MINIMALISTA SALA PREGO E MARTELO

A frase “menos é mais” está em alta nessa pandemia por vários motivos. Um deles, claro, é o fato de muita gente ter perdido parte de seus ganhos. Tendo que economizar, as pessoas começaram a priorizar itens realmente úteis e os supérfluos perderam espaço. Unindo-se à tendência de decoração mais clean que vem forte para 2021, isso deve mudar muito a forma de decorar.

Até porque, com mais tempo passado dentro de casa, viu-se o quanto é importante ter espaço de circulação nos ambientes. Também ganhou importância a luminosidade dentro dos imóveis e quanto menos entulho melhor nesse sentido.

Leia também:
Decoração Home Detox: como aplicar esta filosofia à sua casa

Como a decoração pode afetar nossas emoções.

E aí: Você também tem alguma mudança de hábito desse ano que pretende manter na rotina? Vamos aproveitar todas as reflexões que esse ano nos trouxe para transformar dificuldades em lições; Esse é um hábito que nunca sai da moda.

Texto: Adriele Nardelli - jornalista e redatora Prego e Martelo

Prego e Martelo e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.