0
Seu carrinho está vazio :(

DICAS PARA UMA DECORAÇÃO RELIGIOSA: COMBINANDO FÉ E ESTILO

Publicado em 05.11.2021 |
2 visualizações

Você pode incluir sua fé na composição do ambiente sem perder o estilo

religiao 6

Para começar, sabemos que  não tem estilo. Que ela independe de regras e convenções. Nosso guia está aqui para te ajudar caso tenha alguma dúvida sobre como ela pode combinar com a decoração, se essa for sua vontade. Afinal, especialistas estudam muito para trazer ideias e dar dicas que facilitem o trabalho de composição de ambientes, incluindo todo tipo de item, até mesmo os religiosos.

E é com base no que dizem esses especialistas que vamos te mostrar a seguir algumas inspirações bacanas para deixar sua fé em evidência e sua casa ainda mais bonita.

Veja também:

Pequeno Dicionário de Feng Shui: pra você decorar mais e melhor

Decoração Astrológica: conheça o estilo de cada signo

Até porque o que faz sua casa especial é exatamente o toque de personalidade que você imprime da composição e a energia que cada item e cada cor trazem para sua vida. Por isso, pela força energética que traz, o tema “decoração religiosa” está cada vez mais em alta e aparece até entre as tendências do design de interiores.

E principalmente: vamos te mostrar que não é necessário fazer reformas ou grandes mudanças para conseguir que sua espiritualidade se manifeste nos cômodos do seu lar.

DICA 1 – O CANTINHO RELIGIOSO

religiao 3

Clássico, né. E difícil de errar. Por isso mesmo essa é uma das grandes favoritas entre as dicas que vamos apresentar. Se você se sente inseguro para incluir itens religiosos de forma mais abrangente em casa pode concentrar tudo nesse único espaço que se tornará um ponto de energia positiva no ambiente. Seu altar particular para os momentos em que busca reflexão.

Mas onde criar esse cantinho? Bom, a palavra “cantinho” diz tudo. Pode ser qualquer espaço. Por exemplo, a varanda, onde você pode combinar os itens com plantas e já criar conexão também com a natureza.

religiao altar

DICA 2 – QUADROS E TELAS

Como são peças coringas da decoração, claro que eles não ficariam de fora nesse momento, não é mesmo? E aí você tem uma variada gama de opções podendo expressar sua religião, seja qual for, já que esse mercado é eclético e diversificado.

religiao 4

Santa ceia, budas, ramanaya e fogueira de Santa Rita são algumas ilustrações que podem facilmente ser encontradas. Normalmente os quadros retratam mesmo cenas e personagens importantes das religiões pelo mundo.

E a variedade de estilos e tamanhos também é um ponto a favor desse item: dá pra usar vários quadros pequenos, um quadro grande em destaque, telas formadas por mais de um quadro, enfim, o que sua criatividade e personalidade quiserem.

Também podem ser ilustrações específicas de momentos e temas religiosos ou quadros mais misteriosos, com apenas nuances da sua fé. Nem o céu é limite.

DICA 3 – CONTAR HISTÓRIAS

Você pode usar as imagens e itens para, literalmente, criar uma narrativa religiosa. Como, por exemplo, a Via Sacra. Já imaginou um corredor com quadros representando cada estação? E aí você pode apostar em itens artesanais ou com uma leitura moderna desse momento cristão. Ou, claro, outro acontecimento marcante de qualquer religião.

religiao via

Além de lindo, vai ficar coerente e atrativo, fazendo com que as pessoas sigam os quadros até o final da história, mesmo que já a conheçam. E se não for algo do conhecimento dos seus convidados você ainda pode interagir explicando e contando sobre suas crenças e sentimentos.

DICA 4 – ESPELHOS DE “REFLEXÃO”

espelho corredor prego e martelo

Eles refletem e podem ser usados na sua busca por um espaço perfeito para refletir. Até combina, né? Além de darem um toque especial para o cantinho (por exemplo, aumentando a sensação de espaço) eles hoje já acompanham a tendência da decoração com fé.

religiao pomba

É possível encontrar modelos com formato diferenciado, como o da pomba da paz, cruz, silhueta de Buda e outros símbolos religiosos. Também vão trazer mais luminosidade e todos aqueles benefícios que você já deve conhecer bem de ter espelhos nos ambientes.

DICA 5 – COMO ORGANIZAR

Já mostramos que você pode criar um canto especial ou espalhar os itens pela casa. Deixe sua fé guiar as suas escolhas. Mas, se quiser um visual harmônico e elegante, claro, é preciso levar em conta as regras básicas de decoração que valem para tudo.

religiao 5

Por exemplo, evitar poluição visual: muitos itens como se estivessem jogados encima dos móveis sem planejamento nenhum. Mesma regra para quadros e afins: você precisa pensar em tamanho e disposição para não acabar estragando todo o estilo do ambiente.

DICA 6 – COMO ESCOLHER

Sim, se você quer combinar suas escolhas religiosas com a decoração de um jeito que fique dentro do padrão de um bom design de interiores precisa planejar desde a compra das peças que vai usar. Coisas como tamanho e cores que combinem com a paleta do cômodo são muito importantes.

Também é preciso ter espaço adequado para depositar a peça escolhida. Não adianta comprar um lindo Buda de tamanho quase real se ele literalmente não vai caber em nenhum dos cômodos da sua casa.

Também leve em conta o material com que os objetos foram feitos. Normalmente as peças religiosas tendem a ser de materiais mais frágeis. E talvez não seja boa ideia colocá-las em espaços com muita circulação, principalmente de crianças e animais domésticos. E cuidado com velas e afins: nunca deixe nada disso acesso quando estiver dormindo e mantenha esses itens longe de qualquer coisa que possa iniciar um incêndio.

DICA 7 – O QUE DIZ O FENG SHUI

Sabemos que muita gente leva em conta os ensinamentos dessa prática milenar na hora de organizar seu ambiente então, claro, já vamos trazer isso aqui para economizar uma pesquisa.

religiao

No Feng Shui, religião, crença, fé e espiritualidade representam energias muito importantes para o equilíbrio e a harmonia pessoal. Por isso ele traz algumas recomendações nesse sentido:

- Se tiver um altar, ele deve ser instalado em um lugar tranquilo para ter ao seu redor a energia Yin (calmaria e serenidade).

- Dê preferência para locais mais reservados na hora de dispor os itens religiosos que signifiquem mais para você, incluindo o altar. Se for utilizado para oração, esse cantinho também não deve ficar em locais muito movimentados da casa.

- Nunca monte seu altar em ambientes bagunçados ou sujos. Nem ao lado de latas de lixo.

- Não monte um altar religioso num banheiro.

- Se você montou seu altar na estante da sala, tome o cuidado de não ter bebidas alcoólicas na prateleira ao lado.

- Evite montar um altar debaixo dos degraus da escada, já que ela pressão energética. O mesmo serve para vigas expostas;

- Altar pode ser montado em quarto de solteiro. Mas, em quarto de casal, apenas se puder ser isolado atrás de um biombo ou algo do tipo.

- Para quem já aplicou o ba-guá na casa, os setores da espiritualidade e amigos/protetores são os melhores para se ter um altar ou dispor suas peças religiosas.

DICA 8 – SIGNIFICADO DOS OBJETOS

Antes que você saia procurando símbolos religiosos e não tenha certeza sobre os significados desses itens, nós já vamos incluir isso aqui também. Afinal, queremos facilitar sua vida. Então anota aí:

- CRUZ (CRISTIANISMO): A cruz simboliza o martírio de Cristo e sua vitória sobre a morte, conforme a crença cristã. Por isso mesmo se tornou uma espécie de amuleto, um objeto de devoção.

objetos


- PEIXE (CRISTIANISMO): Forte símbolo cristão pela sua história: quando os discípulos de Cristo eram perseguidos, para evitar serem identificados pelas autoridades, mas querendo que seus iguais os identificassem, eles usavam esse desenho de duas linhas se cruzando no formato de um peixe.

objetos 2


 - CRESCENTE E ESTRELA (ISLAMISMO): Principal símbolo dessa religião. Significa renovação. Os povos muçulmanos seguem o calendário lunar que indica os meses sempre na lua em forma de foice.

objetos 4


- ESTRELA DE DAVI (JUDAÍSMO): Traz o formato da árvore da vida e indica o 7, um número significativo para os Judeus por várias razões;

objetos 5


- OM (HINDUÍSMO): Para os hindus, mais do que um objeto, um som traz significado especial. O “om”, sílaba vocalizada pelos fiéis por ser uma expressão divina, o próprio Deus. Por isso eles usam essa vocalização como os cristãos usam o “amém”.


- RODA DHARMICA (BUDISMO): o ciclo da morte e renascimento antes do estado de iluminação (o Nirvana). Ela representa o princípio que rege todo o universo. Para o Hinduísmo está associada ao deus da conservação, de quem Buda seria a nona encarnação (avatar).

objetos 6

- YIN-YANG (TAOISMO): Bem popular até mesmo para quem não conhece a fundo a religião. É o símbolo da dualidade do universo, dos opostos se relacionando. Sua essência é simples: “a felicidade está no equilíbrio”.

objetos 3


E finalizamos com uma dica que vale para qualquer fé e qualquer religião: sua espiritualidade é sua, única, da forma que você quiser que seja. E quem deve senti-la é você.

Qualquer regra ou dica serve como inspiração e ajuda caso você queira levar em conta outras questões no momento de inseri-la no seu lar. Mas ela é válida de qualquer jeito. Ou melhor, do jeito que fizer você se sentir em paz.

Se curtiu essas dicas, aí vai mais uma: no site Prego e Martelo tem muitas opções de itens religiosos para decorar!

Texto: Adriele Nardelli - jornalista e redatora Prego e Martelo