0
Seu carrinho está vazio :(
Dicas

Ele ou ela está chegando? Dicas para arrumar o quarto de bebê!

Publicado em 27.01.2020 | comentários
454 visualizações

É não tem jeito, com a chegada de um bebê muitas transformações acabam acontecendo na vida do casal.

A chegada da pequena herdeira ou herdeiro sempre é motivo de correria, apesar de verdade seja dita, ser um momento lindo e único.

Roupinhas, produtos higiênicos, enxoval, decoração do quartinho, brinquedos, chá de fralda, idas ao médico, mobiliários, tudo deve ser providenciado e feito em menos de um ano para quando o bebê chegar.

Muitos pais, de primeira ou muitas viagens, gostam de decorar o quarto dos futuros moradores da casa com elementos lúdicos, criativos.

Por isso, como “montar” o quarto de um bebê, não só apenas em relação à decoração do ambiente, mas de todos os cuidados que demanda, pode ser uma tarefa desafiadora.

Preparamos neste artigo algumas dicas para facilitar essa missão. Vamos lá?

Prepare o ambiente do quarto para o bebê.

 

quarto bebe prego e martelo

 

O quarto do bebê deve receber luz natural, boa ventilação e ser o mais quieto possível.

Se existir a possibilidade de escolher, isso é de grandes dimensões, mas que a amplitude não faz com que você perca a privacidade. Que não seja muito frio nem muito quente.

Também é muito importante que o quarto do bebê esteja o mais próximo possível do quarto dos pais.

>> Saiba mais: Sua casa bem da hora: tudo sobre decoração com relógios de parede

As paredes do quarto do bebê.

 

parede quarto do bebe prego e martelo

 

A decoração das paredes do quarto do bebê é a primeira coisa a decidir e, com base nesse plano, o resto do cômodo.

Primeiro você tem que decidir a cor. Nos primeiros anos, cores neutras que transmitem serenidade, como bege, havana, verde claro ou, se já sabemos que o sexo é preferível, podemos optar pelo tradicional rosa e azul, mas em tons suaves.

Mais ou menos depois de dois anos, pode-se adicionar notas de cores mais fortes para estimular sua criatividade. Não devemos esquecer que o quarto também é um tipo de playground.

Então, o tipo de tinta é muito importante . Tintas à base de água, não tóxicas e laváveis são preferíveis, melhor ainda se for uma tinta ecológica livre de metais pesados.

No caso de escolher papel para decorar as paredes, ele deve ser lavável, especialmente quando você começa a desenhar tudo.

Quando a criança estiver um pouco mais velha, você poderá optar por um tipo de cor de tinta mais divertida, como tinta magnética ou tinta ardósia. Ou colar vinil decorativo nas paredes, o que dá um toque super original e divertido ao ambiente.

Quando as paredes estiverem prontas, você poderá decorá-las com uma composição de telas com motivos infantis ou com fotos do bebê, mas sem deixar o local muito carregado.

>> Saiba mais: Dicas para Usar e Abusar dos Quadros na Decoração

A iluminação do quarto do bebê.

 

iluminacao quarto bebe prego e martelo

 

Se o quarto da criança não for muito grande, uma luz de teto e uma luz indireta são suficientes. É necessário tirar o máximo proveito da luz natural que entra pelas janelas, para que as cortinas sejam translúcidas e leves em tons claros.

É preferível evitar tubos fluorescentes e lâmpadas halógenas.

Quanto à instalação elétrica, deve-se tomar cuidado para que nenhum cabo ou tomada permaneça ao alcance da criança e que tudo esteja devidamente fixado nas paredes.

>> Saiba mais: Abajur Para Decorar e Iluminar

O chão do quarto do bebê.

 

chao quarto bebe prego e martelo

 

Quanto ao piso, as premissas fundamentais são segurança e limpeza; assim que a criança começar a engatinhar e a andar, estará em contato permanente com o chão.

O indicado seria, pelo menos em um primeiro momento, descartar o uso de tapetes e carpetes porque acumulam ácaros, mas caso você não abra mão de colocar tapetes, escolha os laváveis e antialérgicos.

Também é importante que revestimento escolhido para o chão do quarto do bebê seja um material resistente e durável, para suportar a agitação das crianças.

Uma opção interessante, além de ser muito decorativa, é o piso de linóleo. Quando o bebê já não usar mais o berço com tanta frequência e começar a brincar no quarto, deve-se pensar, e muito, na segurança da criança.

Por isso se debruçar sobre as várias opções de revestimento para o solo do quarto é extremamente importante.

Outras opções de pisos para o quarto do bebê:

  • Vinílicos;
  • Porcelanato e Cerâmica;
  • Madeira maciça - tacos de madeira;
  • Piso laminado;
  • EVA (não no quarto inteiro, mas em partes;

>> Saiba mais: Especial dia das Crianças - Chega de sofrer: ideias de pratos saudáveis e divertidos para crianças

Os materiais dos móveis e têxteis do quarto do bebê.

 

texteis quarto bebe prego e martelo

 

Ao escolher móveis, opte por madeira maciça com acabamentos naturais, evite aglomerados e vernizes.

Quanto aos têxteis, as roupas de cama, as cortinas e os tapetes devem ser feitos de fibras naturais, como o algodão, para evitar alergias.

Você também deve ter em mente que eles são facilmente laváveis; quando se trata de crianças, é essencial.

>> Saiba mais: Vamos Decorar com Papel de Parede?

Os móveis do quarto do bebê.

 

moveis quarto bebe prego e martelo

 

A escolha certa de móveis é fundamental. Não devemos carregar demais o quartinho acreditando que ele ficará mais completo e bonito. Lembre-se que menos é mais.

Durante o primeiro ano, um berço (a mobília estrela), uma cômoda ou trocador é suficiente e, se você tiver espaço, talvez um armário.

Mais tarde, será necessário um móvel para guardar os brinquedos e, se houver espaço, uma mesa ou uma mesa com cadeiras para a criança brincar.

Hoje, podemos encontrar móveis conversíveis, ideais para o quarto das crianças, pois acompanham o crescimento da criança.

Muitos pais optam por berços conversíveis, mas outros duvidam de sua praticidade e optam por montar a sala com móveis separados.

>> Saiba mais: Mil sensações em apenas um ambiente: aprenda a misturar texturas na decoração

Segredinho: faça uma decoração dinâmica.

 

qinf016cfbranco

 

O segredo para ter um quarto sempre diferente, sem precisar gastar muito, é investir em uma decoração que possa sempre ser trocada com bastante facilidade.

Você pode fazer uso de quadros, telas, placas decorativas, que possam ser removidos com praticidade (apesar de que são tão lindos que duvidamos que você faça isso).

Na hora de fazer o quarto, você pode instalar prateleiras – que são baratas – de cores e formatos diferentes, de modo assimétrico e completar com a decoração preferida.

Antes de começar, tenha em mente a segurança do local. É imprescindível que alguns elementos, como a grade do berço ou o espaço alocado favoreçam o bebê, e não apenas a decoração em si.

Além disso, a decoração de quarto de bebê deve ser montada com materiais que não prejudiquem a saúde do seu filho.

Por esse motivo, preste atenção na hora de comprar tintas, por exemplo. Certifique-se de que elas não sejam tóxicas.

Nunca deixe que objetos pequenos, que costumam fazer parte de móbiles, por exemplo, fiquem próximos do bebê, já que ele pode alcançá-los e colocá-los na boca. O mesmo vale para brinquedinhos e decorações menores.

Gostou dessas dicas e quer saber mais sobre decoração de quarto de bebês? Fique atenta porque vem mais dicar por aí.

Confira também alguns produtos relacionados à decoração de ambientes infantis no site da Prego e Martelo.

Comentários